19 de fevereiro de 2013

Câmara recebe projeto para alterar Inspeção Veicular


O prefeito Fernando Haddad entregou às lideranças partidárias da Câmara Municipal a minuta de um Projeto de Lei (PL) para alterar a inspeção veicular na cidade de São Paulo. Pela nova legislação, somente pagaria pela inspeção quem tivesse seu veículo reprovado no teste.  Os demais motoristas seriam reembolsados posteriormente.

O projeto prevê também a reavaliação periódica do Plano de Controle de Poluição Veicular, com a possibilidade de flexibilização da frota alvo e da periodicidade das inspeções, atualmente anual. Tais aspectos seriam definidos com fundamentação em laudos técnicos elaborados pelo Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT).

O texto convenceu muitos vereadores que inicialmente haviam se oposto às mudanças, como Gilberto Natalini (PV). O parlamentar afirmou durante a sessão plenária desta terça-feira (19) que temia um aumento da poluição caso a inspeção fosse flexibilizada, mas que o projeto não acarreta esse risco.

“A questão da taxa é um debate importante, mas não é o centro do problema. O centro do problema é controlar os gases que saem do escapamento e causam a mortalidade do cidadão paulistano”, afirmou o vereador.

Ari Friedenbach (PPS), outro vereador que se havia levantado dúvidas em relação à flexibilização da inspeção, declarou que gostou do PL e especialmente da exigência de que os fabricantes de veículos comprovem a observância dos limites de emissão de poluentes dos carros novos e disponibilizem em sua rede de atendimento serviços de diagnóstico e regulagem de motores.

O projeto também amplia o pagamento da taxa aos veículos licenciados em outros municípios, caso sejam de carga ou circulem mais de 120 dias por ano no território da cidade. 

Os donos desses veículos não teriam direito ao ressarcimento, pois não pagam IPTU.

Esse ponto do projeto foi criticado pelo vereador Andrea Matarazzo (PSDB). “A promessa de campanha do Haddad era eliminar a taxa de inspeção. O que eu vi no projeto foi que ele quer criar uma nova taxa, que é a taxa intermunicipal de inspeção veicular”, comentou o parlamentar.

Fonte: Site da Câmara Municipal de São Paulo

8 de novembro de 2012

'Oposição a Haddad será sem adjetivo', diz tucano


Eleito com a maior votação do partido da oposição, Matarazzo chama aliança de Kassab com PT de 'excesso de pragmatismo'  
                       
05 de novembro de 2012 | 2h 03
Julia Duailibi - O Estado de S.Paulo 

                                                                             
O tucano Andrea Matarazzo, vereador eleito pelo PSDB com a maior votação do partido - 117 mil votos -, afirma haver um "excesso de pragmatismo" na aliança entre o prefeito Gilberto Kassab (PSD) e o PT, de Fernando Haddad.

"Acho no mínimo estranho até porque a gestão do prefeito foi demonizada na campanha", declarou Matarazzo, que foi ministro da Secretaria de Comunicação da Presidência no governo FHC.



Embora considere Aécie 'bem posicionado', Andrea Matarazzo vê indefinição para 2014.


Aliado de José Serra, Matarazzo diz ser cedo para o PSDB já ter definido o candidato a presidente em 2014:


"Hoje o Aécio (Neves) está mais bem posicionado. Isso é um fato. Até porque o Serra estava disputando uma eleição até agora. Mas tem muito tempo pela frente".


O PSDB sempre criticou o modo de o PT fazer oposição. Que tipo de oposição pretendem fazer na Câmara Municipal?
Vamos fazer oposição sem adjetivos e de forma responsável, que é a nossa cara. Temos que exercer o papel para o qual fomos eleitos, que é fiscalizar o Executivo e propor legislação.


O partido vai votar contra bandeiras de Haddad, como o Bilhete Único Mensal e o fim da taxa de inspeção veicular?
O PT tem maioria na casa, segundo a composição que já foi anunciada do PSD com o PSB. Não precisamos ser contra. Mas vamos ver como fazer. Pessoalmente, também não sou a favor do fim da taxa de inspeção porque você vai penalizar a população como um todo. É o Tesouro arcando quem tem carro, e quem não tem vai pagar.


Como o sr. avalia a aliança do PSD com o PT? Kassab já falava em 'apoio incondicional' no dia seguinte ao resultado das urnas?
Ainda não está claro, porque a bancada de vereadores fala uma coisa, e o prefeito falou diferente. Acho no mínimo estranho até porque a gestão do prefeito foi demonizada na campanha. Acho estranho quererem o apoio e não entendo que o prefeito possa dar um apoio incondicional assim. Do PT nem estranho porque deles não devemos estranhar nada. Para mim, é um pouco de excesso de pragmatismo político do prefeito.


Falta coerência?

Não, diria que é um certo excesso de pragmatismo político.

A aliança com o PT passa pelo desejo de Kassab preservar a gestão de eventuais devassas?

Não sei. Acho que no fundo vai na linha do excesso do pragmatismo político e dos sinais que o prefeito já tinha dado de apoio ao PT nacional. E também do desejo dos seus vereadores, que já vinham negociando isso fazia mais de duas semanas, segundo a imprensa.Alguns tucanos culparam a gestão Kassab pela derrota.

Essencialmente a derrota está relacionada ao fato de o PT ter conseguido vincular a saída do Serra da Prefeitura à gestão mal avaliada do Kassab. Não conseguimos separar uma coisa da outra, até porque são coisas diferentes. O prefeito foi eleito.


Kassab está traindo o PSDB?

Não. Terminou a eleição. Está tomando um novo rumo. Fez uma nova escolha, pragmática.

PSDB errou ao não renovar?

Não. Tenho convicção de que o Serra tinha mais condições políticas de ganhar a eleição.

Mesmo com a rejeição alta?

A rejeição veio depois. No início, não tinha essa rejeição. Ela veio à medida que colaram a saída da Prefeitura à má avaliação. Não conseguimos mostrar o que a Prefeitura fez no nosso período nem desvincular a saída dele da segunda gestão.

Serra dará espaço para renovação do PSDB paulista?

Sempre deu. Isso não será um problema. Esse é o menor dos problemas do PSDB.

Qual o maior?

Hoje, a falta de comando.

Qual papel que Serra deve ter no PSDB? Presidente do partido?
Ele terá sempre o papel que ele teve. É referência e um dos melhores quadros que temos. Se não o melhor em atividade.


E candidato a presidente?

Não parei para pensar. A eleição mal acabou.

Acha que a vez é do Aécio?

Temos muito tempo para pensar nisso. Mais dois anos. Acabamos de sair de uma eleição...ss


Andrea Matarazzo foi eleito Vereador em São Paulo pelo PSDB com 117.617 votos (2,06% dos votos) Andrea é um paulistano com longo histórico de serviços prestados à causa pública. Até sua recente desincompatibilização, ocupava o cargo de Secretário de Estado da Cultura. 

Em sua gestão, trabalhou para democratizar e levar a Cultura ao interior, promovendo espetáculos gratuitos ou a preços populares – com o Circuito Cultural Paulista e apresentações da OSESP – e valorizando as expressões culturais locais por meio de programas como Fábricas de Cultura e Revelando São Paulo.

Como secretário das Subprefeituras (2007-2009), entre outras coisas, coordenou a reforma da Av. Paulista, tornando-a mais segura e acessível e trazendo à tona a questão da acessibilidade urbana, até então ignorada. Participou ativamente da criação do Parque do Povo e foi um dos responsáveis pela Virada Cultural – evento que já se integrou ao calendário de São Paulo. Esses são alguns projetos que, de uma forma ou de outra, transformaram a cidade.

À época, ficou conhecido como “O Xerife da Cidade” (Veja, 15/01/2008), não só por sua atuação firme no combate ao comércio ilegal e na preservação do espaço público, mas também pelo cuidado com as questões do dia a dia da cidade (como por exemplo, os serviços de iluminação, limpeza, asfalto etc.). Prefere ser lembrado por sua luta por uma cidade mais solidária e amiga de seus moradores:
 
“Sempre digo que as pessoas precisam se apropriar da cidade, usar seus espaços públicos e aproveitar o que ela tem de bom. A relação entre o cidadão e a cidade precisa ficar mais próxima, mais íntima. E o governo tem um papel importante nesse processo. Programas culturais, esportivos e os espaços de lazer que promovam essa integração são decisivos.” 

Além de Secretário de Cultura (2010- atual) e Secretário de Coordenação das Subprefeituras de São Paulo entre 2007 e 2009, foi Subprefeito da Sé (2005/2007) e secretário municipal de Serviços de 2005 a 2006. Exerceu o cargo de Embaixador do Brasil na Itália (2001/2002) e Ministro-Chefe da Secretaria de Comunicação de Governo da Presidência da República (1999/2001).

Já ocupou, também, os seguintes cargos: Secretário de Energia do Governo do Estado de São Paulo (1998), Presidente da Companhia Energética de São Paulo – CESP (1995/1998), Secretário de Política Industrial do Ministério da Indústria, do Comércio e do Turismo (1992/1993) e Assessor Especial do Ministério da Educação e Cultura (1991/1992).

21 de agosto de 2012

Pedágio Urbano em São Paulo



Essa semana temos no CBN São Paulo, uma seqüência de entrevistas com os candidatos a Prefeitura de São Paulo e como sabemos um dos principais problemas da nossa cidade é o deslocamento.


Como todas as eleições, as propostas são milagrosas indo desde aero trem até o aumento para 2 dias do rodízio municipal.

Solucionar esse problemas exige políticas que as vezes a população não aceita e isso faz com que haja uma rejeição do eleitorado no momento de decidir os votos, pois ninguém gostaria de deixar seus veículos 2 dias em casa ou pagar uma tarifa para entrar no centro da cidade.

É justamente a criação do pedágio urbano que estou acompanhando nessas duas semanas de entrevista. Saber qual candidato apoia um projeto polêmico desse e, aproveitar para conhecer um pouco mais as propostas de governo dessa turma toda.

22 de março de 2012

Bicicletas em Barcelona


Quando caminhamos pelas ruas da Cidade de Barcelona, notamos claramente como as coisas funcionam perfeitamente.

Um exemplo são as bicicletas, em cada ponto da cidade temos esses bicicletários. Somente os moradores têm direito de usar, pois requer um cadastro e, paga-se uma taxa de 38 Euros por ano.

Funciona da seguinte maneira: O cidadão passa o cartão em uma máquina que libera a bicicleta, a partir desse momento, ele tem 30 minutos para devolver a bicicleta em um dos vários pontos que existem na cidade. Se por ventura a pessoa exceder 2 horas sem devolver a bicicleta, ele é penalizado em 3,55 Euros, depois de 3 avisos, ele é descadastrado do sistema. Melhor forma é usar 30 minutos, devolver e pegar outra no mesmo instante.


Percebi que muita gente usa esse meio de transporte, as pessoas usam de forma racional, sempre pensando no próximo.

Existem varias clico faixas pela cidade, assim como existem varias faixas de pedestres, as calçadas são calçadas, sem buracos assim como as ruas também que são um tapete e, o que mais admirei foi a educação que os motoristas tem com os pedestres, eles simplesmente param o veículo para você atravessar, é uma coisa fora da realidade se for comparado com o transito aqui da Cidade de São Paulo.


Em uma cidade onde o transito vive em harmonia com a população, onde as pessoas não tem um comportamento indidualista e acima de tudo, cuidam da cidade e tem educação, tudo funciona.


19 de março de 2012

Sistema de Coleta de lixo a Vácuo


Caminhando pelas ruas de Barcelona, me deparei com O sistema de coleta de lixo por tubos a vácuo. Um sistema muito automatizado mas de nada adianta a tecnologia se o cidadão não colocar o lixo nas lixeiras.

23 de janeiro de 2012

Aniversário de São Paulo - 458 Anos


Nossa Cidade vai completar 458 anos e nós que vamos ganhar presente.

Para quem nunca foi essa é uma grande oportunidade participar desse bate papo sobre os mais diversos assuntos da nossa Metrópole.

21 de dezembro de 2011

Visão de Futuro ou Falta de Cidadania?

No final de 2010, um dos meus últimos comentários aqui nesse blog foi justamente a falta de educação que os moradores aqui da nossa cidade tem com o espaço público. E depois de 1 ano, venho novamente encerrar meus modestos comentários com o mesmo assunto.

Graças aos seres humanos o mundo não parou de evoluir, uma pena que parte dessas pessoas não conseguiram acompanhar as evoluções e, continuam portando uma doença que transforma qualquer espaço em uma verdadeira bagunça, essa doença chamada “falta de educação com o espaço público”.

Essa falta de educação chegou a um nível tão arrasador aqui na Cidade de São Paulo, que nem mesmo as enchentes conseguem alertar essa fatia ignorante da cidade que comportamentos primitivos como esses só estão servindo para construção do caos e da destruição.

Quando as ruas começarem a alagar, quando as águas começarem a invadir as casas das pessoas, com toda certeza vão culpar o poder público. Mas se não houver uma colaboração das duas partes, nem o exército consegue deixar a cidade limpa, com milhões de pessoas jogando lixo a toda hora
.
Espero que no próximo ano eu escreva algo diferente, pois estamos caminhando para uma copa do mundo e, com toda certeza vamos nos deparar com pessoas que cuidam da cidade onde moram com mais carinho e cidadania.

Gostaria muito que a imagem da cidade mais rica do país não fosse essa, mas infelizmente comportamentos como esses que já deveriam ter ficado para trás, diariamente aparecem em nossa frente, acredito também que nem mesmo a melhor educação do mundo vai conseguir mudar essas pessoas, pois bom senso e cidadania vem do berço e fica no "sangue"...

"...Bom senso e cidadania esta na familia e na escola!
Na verdade educação vem de casa! Não adianta nada o professor em sala de aula falar para o garoto que não pode jogar lixo na rua e, o pai dessa criança joga suas coisas na esquina da rua..."

" Opinião de Célio Barbosa MontRey


23 de novembro de 2011

IPVA 2012

"..Os recursos do imposto são investidos pelo governo estadual em obras de infraestrutura e melhoria na prestação de serviços públicos como os de saúde e educação.." ( Quem Acredita???)

Dados preliminares do IPVA 2011 mostram que a Fazenda arrecadou até outubro deste ano R$ 9,7 bilhões.

27 de outubro de 2011

Bicicletas! Aqui não!!

Vamos tentar entender a piada....

Ouvimos diariamente nas manchetes, que a prefeitura da cidade de São Paulo esta investindo milhões de reais em alguns quilômetros de ciclovias.

Grandes empresas como a Bradesco Seguros apoia e convida a cidade inteira à utilizar a ciclo faixa de lazer, que interlida Os Parques das Bicicletas, do Povo, do Ibirapuera, Villa-Lobos e o Futuro Parque do Chuvisco.

O Metro instalou em varias estações, bicicletários para que os usuários possam deixar suas bikes com segurança e seguir para o trabalho.

Enquanto o mundo discute o apodrecimento do Planeta Terra devido a emissão de monóxido de carbono que os ônibus e automóveis emitem todos os dias, n
a Estação José Bonifácio da CPTM, eles simplesmente proibiram que as pessoas deixassem suas bikes. Não estou discutindo aqui se é certo acorrentar a bicicleta no gradil ou não, também não acho certo amarrar a bicicleta em qualquer local.

Quero chamar a atenção na necessidade de um bicicletário decente no local, pois se as pessoas amarravam suas bikes na grade é que nao existe nenhum outro local para deixar. Espaço para construção tem de sobra, demanda também, pois a estação fica no meio do bairro, o que falta é a CPTM construir um ou tentar fazer uma parceria com alguma empresa, assim como a Cia de Seguros Porto Seguro fez na ciclo faixa na Radial Leste.

Pequenos investimentos como um simples bicicletário pode mudar todo estilo de vida dos moradores de um bairro, mas como sempre, é mais fácil colar um adesivo proibindo à tentar ajustar as necessidades do cidadãos com o espaço público.



26 de outubro de 2011

Tem Boi na Linha?


Mais uma vez a CPTM fez o que mais sabe fazer, deixar os usuários na mão, ou melhor nos trilhos.

Quando eu chego na estação Tamanduateí e, percebo que tem algumas pessoas olhando láááá para baixo, onde ficam os trilhos, eu ja fico meio assustado, ja penso que tem boi na linha.

E hoje não foi diferente, observando a foto acima, ja da pra ter uma ideia do que aconteceu. Ontem tivemos problemas logo cedo em outro ramal, que deixou a linha Coral totalmente travada, hoje foi nesse e amanhã qual será? Escolhe uma cor!

Depender do transporte público aqui na cidade de São Paulo não é uma tarefa fácil, quando não temos esse tipo de problema, existe a super lotação dos trens, isso sem contar a educação refinada que tem algumas "pessoas" que utilizam esse modal, resumindo é só coisa boa.

Parte boa é que tive oportunidade de conhecer as apertadas estações da Linha Amarela.

Falando sério, os corredores que percorri para chegar na plataforma, são mais largos que a propria plataforma, depois falam que eu sou Português.

29 de setembro de 2011

Greve dos Bancários


Não sei você, mas eu não sinto falta nenhuma de uma agência bancária com todos os acessos que temos hoje em dia, seja pela internet, pelo celular ou pelo velho telefone.

Claro que alguns serviços são imprescidíveis serem realizados dentro de uma agência, mas que hoje em dia quase tudo da pra fazer pela internet, isso é fato.

Não sou contra a greve dos caras, acho que cada categoria tem que reivindicar melhorias salariais, afinal quem nao gosta de ganhar mais.

Diante das evoluções tecnológicas, acredito que no futuro, os clientes deixarão cada vez mais de necessitar de uma agência bancaria, fisicamente falando, aliás tenho que finalizar esse post, pois tenho que pagar uma conta agora.... :-)

18 de agosto de 2011

Rapidinhas



Vou ser bem rápido nesse post:

Tenho quatro notícias boas para hoje:

1 – A Sub Prefeitura de Itaquera terminou de arrumar a calçada que eu vinha reclamando a um bom tempo. http://migre.me/5vZCc

2 – Colocaram uma nova linha de ônibus na Estação José Bonifácio, muito mais agilidade de manhã e a noite para os usuários, e mais tempo para os motoristas da outra linha tirarem os cochilos. ( Não precisamos mas de vocês).
http://migre.me/5vZBe

3 – Achei uma moeda de R$1,00 quarta feira, a caminho do ponto de ônibus, as vezes não é só problemas que achamos olhando para as calçadas da nossa Cidade.

4 – Amanhã é sexta feira, temos Fim de Expediente.

E você?
Ja fez algo de bom pra Nossa Cidade essa semana?
Ôw Loko meu, ajuda aí :-) ....


3 de agosto de 2011

Calçada da Fama

.. Não valem os que sonham, os que projetam ou os que planejam;valem os que realizam.."

Acabei de ver em um dos livros que estou lendo, mas confesso que às vezes eu prefiro ficar com as pessoas sonhadoras a ficar com as que realizam.

Sabemos que São Paulo precisa de muito verde, para filtrar o ar poluído que sai dessa gigante frota de veículos, mas construir um canteiro no meio da calçada, não foi uma boa idéia.

E acredito que os deficientes visuais, pessoas que necessitam de cadeiras de rodas para se movimentar aqui na cidade de São Paulo e os idosos, vão ter a mesma opinião.

O cidadão não pode achar que a calçada faz parte de sua casa, ele tem que zelar pela conservação, mas isso não da o direito de se apoderar desse espaço público e, fazer o que vem na idéia.

Ainda bem que o artista percebeu a merda que fez e derrubou na outro dia essa obra de arte, só falta a Prefeitura ter a mesma iniciativa e começar a arrumar todos os buracos, retirar as motos, carros, barracas de comida, colocar tampa nos bueiros para que possamos caminhar com mais "segurança" pelas calçadas da cidade.

6 de julho de 2011

Esse assistiu todas as Palestras de Palocci

E não é que as Super Palestras do Ex Ministro da Casa Civil, Antonio Palocci surtiram efeito.

Se Palocci consegui aumentar seu patrimônio em 20 vezes nos 4 anos que foi deputado federal, o arquiteto Gustavo Morais Pereira conseguiu mais.

O filho do Ex ministro dos transportes, *Alfredo Nascimento, conseguiu em 2 anos aumentar o capital social de uma de suas empresas, de 60 mil para 50 milhões, isso significa um aumento de 86.500%, em 2 anos!!

Qual foi a dica de sucesso que ele conseguiu pescar nas palestras de Palocci, para conseguir em pouco tempo, um aumento tão expressivo de riquezas?

*Entregou uma carta de demissão na tarde dessa quarta feira 6, a presidente Dilma Rousseff, por denuncias de irregularidades.

27 de junho de 2011

SPTrans e a Pulga atrás da Orelha



Caros amigos, segue a resposta da SPTrans:

"Sobre o assunto, informamos que em fiscalização realizada recentemente, constatou-se descumprimento de partidas, razão pela qual o consórcio responsável foi autuado.

Contudo, diante da reclamação e visando o cumprimento das disposições determinadas por esta Gestora, intensificaremos a fiscalização, tanto no desempenho da operação, quanto no comportamento dos operadores e, na constatação de quaisquer anormalidades, que possam comprometer a qualidade dos serviços prestados, serão aplicadas as penalidades cabíveis, conforme legislação vigente."

Hoje na fila da mesma linha teve bate boca entre usuários e motorista, a razão continua sendo a mesma, demora na partida dos ônibus e, filas gigantescas.

O que me fez pensar resumindo isso tudo... é que a SPTrans não passa de um órgão medíocre e, incapaz de realizar sua função mais importante, fiscalizar.

Pois, os problemas continuam nessa linha de ônibus.